Ubuntu tendo problemas com serviços da Google para quem usa GVT

Print pagePDF page

(Existem atualizações no final desse post)

Bom, como não achei mais gente falando desse possível problema, estou postando aqui para ajudar quem mais estiver passando pelo perrengue.

Assumo que você sabe o que é DNS, endereço IP, e o que faz um ‘whois’, se não souber, dê uma olhada aqui: DNS, IP, whois

Vamos lá.

Desde a semana passada, tenho notado muita lentidão e várias indisponibilidades quando utilizo serviços da Google. O resto da internet funciona normal. Todos os meus 2 colegas de trabalho usam GVT como eu e um deles, também assim como eu, usa Ubuntu 14.04 como sistema operacional. O outro usa Mac, e consegue utilizar os mesmos serviços da Google normalmente.

O fato mais marcante desse problema é que nunca mais conseguimos realizar nossas reuniões diárias via Hangouts, sempre dava timeout para nós do Ubuntu. Como já tivemos problemas parecidos, a solução tinha sido usar o famoso DNS da Google, 8.8.8.8 ou 8.8.4.4. Dessa vez, não tivemos sucesso, e como trabalhamos em um ambiente Google Apps, mexer nos documentos no Drive ou fazer reuniões via Hangouts, estava praticamente impossível. O GMail estava lento, mas funcionava, assim como as buscas também.

Sou meio desconfiado, então resolvi ver qual IP o DNS da nossa GVT resolvia pra ‘google.com’. Dando um ‘whois’ no IP resolvido, vi que era um IP da faixa da GVT. Ok, devem ter alguma parceria com a Google que faz com que assumam esse tráfego. Mas por que com o DNS da Google o problema persistia? Fiz um outro teste, perguntando ao DNS da Google (8.8.8.8) quem era ‘google.com’. Para minha surpresa, outro IP pertencente à GVT.

Minha cabeça ficou se perguntando por que então só o Ubuntu passava por esse problema, pois meu celular Android funcionava na mesma rede e conversava sem problemas com todos os serviços da Google. Resolvi então fazer um outro teste. No celular, perguntei quem respondia por ‘google.com’ ao mesmo DNS da GVT que inicialmente já estava me dando problemas no Ubuntu. Eis que a resposta vem com um IP pertencente à Google diretamente. No meu Ubuntu, configurei o DNS agora para, ao invés do DNS da GVT ou o da Google, perguntar ao da OpenDNS. Fazendo isso, meu PC passou a encontrar IPs da Google e não da GVT e como um passe de mágica, Hangouts, Drive e tudo mais da Google voltou a funcionar, e mais, o que funcionava ainda voltou a ficar rápido.

O resumo da ópera pelo que pude apurar é:

– A GVT (ou GVT+Google) por algum motivo, faz traffic shaping para alguns tipos de sistema operacional (até agora só tive notícias de pessoas com Ubuntu/Linux), fazendo com que requisições ao DNS deles ou da Google sejam respondidas por IPs da GVT (e estes talvez sejam/estejam congestionados). Para mim e mais uma pessoa pelo menos, isso tem resultado na impossibilidade de usar certos serviços da Google, como Drive e Hangouts. Para resolver, use um DNS que não seja o da GVT ou Google.

Eu não teria nenhum problema (e pra ser sincero nem faria questão de descobrir) com isso se isso estivesse funcionando mal e me atrapalhando bastante de trabalhar. Como aparentemente não ocorre com usuários de outros sistemas operacionais mais utilizados, acho difícil chamar atenção sozinho. Vou continuar tentando explicar o problema pro suporte deles, e ver se há uma solução.

Espero que mais pessoas com o problema achem esse post em suas buscas.

Se houverem novos desenrolares e novas informações, atualizo aqui.

Update 1 – conversando com um amigo que usa Gentoo, vi que o problema parece ocorrer só com Ubuntus mesmo, pelo menos o meu e o do meu colega de trabalho.

Update 2 – só pra deixar claro o método que usei para testar os diferentes DNS’s foi o comando dig, setando o DNS com o @

Update 3 – para meu estranhamento, o DNS da Google, após testar o DNS da OpenDNS, passou a responder com IPs da faixa da Google de novo. Talvez ele tenha aprendido que não sou da GVT ou o Ubuntu tem um bug no dig que ignora quando um servidor de DNS é explicitado, apesar da saída mostrar que o parâmetro foi processado corretamente. Para fazer sentido ainda, além do bug anterior, é necessário ainda que o Ubuntu faça cache de queries. Mas, isso deixa o problema com o DNS da GVT estranho de todo jeito.

Update 4 – O Chrome costuma apresentar mais problemas, pois provavelmente ele ‘se força’ a usar o DNS da Google.

Update 5 – Um dos que comentaram abaixo, o Alexandre Mendes, entrou em contato com a GVT no dia 14/09/2015 e foi informado que eles não dariam suporte a sistemas Linux, que seria necessária a contratação de um técnico particular. Dureza…

Update 6 – Até então, a OpenDNS foi meio problemático. Passei a usar o DNS da Level 3 (4.2.2.1), e estou usando o Firefox normalmente. No Chrome ocorrem algumas instabilidades, mas não pude fazer maiores testes ainda.

O que é aquele utm_source na URL? Monitoramento de campanhas no Google Analytics

Print pagePDF page

Bom, se você tem o costume de reparar na URL das páginas que acessa, provavelmente já viu em alguma parte um “utm_source” ou “utm_campaign“. Em páginas acessadas via redes sociais ou recebidas por newsletters, é quase certo ver esses parâmetros GET. Continue lendo “O que é aquele utm_source na URL? Monitoramento de campanhas no Google Analytics”